Brasil

Samsung atrasa entrega de Galaxy Notes após baterias pegarem fogo

O aparelho está sendo comercializado há duas semanas/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação
O aparelho está sendo comercializado há duas semanas/Foto: Divulgação

O aparelho está sendo comercializado há duas semanas/Foto: Divulgação

Os problemas da empresa sul-coreana estão esquentando a cabeça dos desenvolvedores e os aparelhos dos usuários.

A Samsung anunciou que suspenderá as vendas e substituirá aparelhos já vendidos do Galaxy Note 7 por conta de problemas com a bateria. O aparelho está sendo comercializado há duas semanas.
A empresa ainda comenta que recebeu ao menos 35 relatos de casos onde os aparelhos explodem ou superaquecem absurdamente. Embora seja sabido que os problemas estão relacionados à bateria do produto, ainda não se sabe a causa exata do problema.

Este não é o primeiro problema que a empresa enfrenta com sua linha de produtos, e algo dessa magnitude pode, sem dúvida, colocar a empresa novamente abaixo de sua principal concorrente, a Apple, que deve anunciar um novo modelo do iPhone na próxima semana.

Aos que adquiriram o produto com a falha, resta aguardar uma resolução. A empresa também anunciou que o recall será realizado ao longo das próximas semanas, e que os donos de aparelhos terão de ser pacientes, enquanto o processo de troca poderá levar algumas semanas para ser realizado com sucesso.

A Samsung encontrava-se em uma excelente situação, com o sucesso absoluto que foi o Galaxy S7, o aguardado lançamento do Note 7 e a demonstração do Gear S3 (uma espécie de smartwatch). Com a imagem manchada, a resposta para como a empresa irá contornar a situação só deve aparecer no próximo mês.

(Mundo Amazônia)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.