Amazonas Maranhão

Secretaria de Turismo discute projeto de intercâmbio cultural entre o MA e EUA

Secretaria-de-Turismo-discute-projeto
Redação
Escrito por Redação

O Governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual de Turismo, iniciou nesta sexta-feira, dia 21, durante reunião com representantes do projeto “Criole Connections”, a parceria que busca promover um intercâmbio sócio cultural e econômico entre o Maranhão e os Estados Unidos, tendo como base a cultura indígena e africana, já existente nas duas regiões.

Para a Secretária Estadual de Turismo, Delma Andrade, promover essa interação, por meio da música, é um incentivo para que mais crianças maranhenses se interessem pela cultura de nosso estado. “Sabemos que a música é uma linguagem universal. Além de contribuir para a educação musical dos maranhenses, o projeto auxilia no desenvolvimento e responsabilidade social dessas crianças”.

Para Darrell Lavigne, pianista, compositor e idealizador do Projeto, além das lições musicais, a troca de experiências entre os dois povos é parte importante do projeto. “Nós ajudamos a incentivar essas crianças, que muitas vezes não teriam a chance de ter contato com instrumentos musicais, mas ao mesmo tempo, elas nos ensinam sobre as tendências da música local”.

O Projeto, que ainda está em fase de formatação e ampliação, vem sendo desenvolvido desde 2013 no Brasil. Sempre buscando o incentivo e o desenvolvimento das potencialidades artísticas e culturais existentes nos dois países, a partir da difusão do aprendizado da música, oferecendo meios para que crianças e jovens conheçam mais sobre a cultura local e internacional e criando oportunidades para que a arte maranhense seja conhecida fora do Brasil.

Ainda segundo a gestora do turismo, a Secretaria de Turismo vai buscar meios para o que o projeto possa ser implantando no Estado. “Vamos buscar parcerias para garantir que nossos jovens consigam ser capacitados para dar continuidade às manifestações culturais de nosso Maranhão, mas que também tenham conhecimento das tendências musicais que vem dos outros países”, finalizou.

(O Imparcial)

 

 

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.