Amazonas Destaques Economia

SEFAZ inicia modernização à concessão de inscrição estadual através da RedeSim

Secretário Afonso Lobo(Sefaz), anuncia testes RedSim/Foto: Reprodução
Redação
Escrito por Redação

Por intermédio do seu Departamento de Informações Econômico-Fiscais (Deinf), a Secretaria de Estado da Fazenda do Amazonas (Sefaz-AM), Visando a simplificação e maior celeridade ao processo de concessão de Inscrição Estadual aos contribuintes, anunciou o inicio dos testes para integração à Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (RedeSim).
A RedeSim é um sistema integrado que permite a abertura, fechamento, alteração e legalização de empresas em todo o País, simplificando procedimentos e reduzindo a burocracia ao mínimo necessário.

Esse sistema fará a integração de todos os processos dos órgãos e entidades responsáveis pelo registro, inscrição, alteração e baixa das empresas, por meio de uma única entrada de dados e de documentos, acessada via internet.

Desde às 12h0 de ontem, até às 18h00 de hoje, quinta-feira (17), as empresas estabelecidas no Estado do Amazonas que desejam solicitar a Inscrição Estadual não incentivada, podem efetuar o pedido acessando o site www.empresasuperfacil.am.gov.br sem que haja a necessidade de apresentação da documentação exigida atualmente. Basta clicar no botão disponível no Portal após a aprovação do registro pela Junta Comercial (Jucea-AM).

Como funciona?

A RedeSim é administrada por um Comitê Gestor, composto por órgãos e entidades do governo federal, estadual e municipal, responsáveis pelo processo de registro e legalização dos empresários, sociedades empresárias e sociedades simples.

O Comitê está desenhado e estruturado para agilizar as ações de implantação da Redesim, articulando as competências dos órgãos e entidades integrantes da Rede e buscando, em conjunto, compatibilizar, integrar e harmonizar as regras e procedimentos do Registro Mercantil, de modo a evitar duplicidade de exigências e garantir a linearidade do processo.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.