Brasil

Seguranças da Presidência da República são presos por roubo

Eles não faziam a guarda direta do presidente Michel Temer/Foto: Divulgação
Eles não faziam a guarda direta do presidente Michel Temer/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

Militares do Exército que atuam na segurança da Presidência da República, em Brasília, foram presos na noite desta sexta-feira (30), suspeitos de assaltar pelo menos seis pessoas. No momento da prisão, os três homens estavam com distintivos e crachás do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência.

De acordo com a Polícia Militar e publicado pelo portal G1, o grupo usava pistolas das Forças Armadas para roubar dinheiro, celulares e objetos pessoais de pedestres em Ceilândia. O GSI confirmou que os suspeitos pertencem ao quadro de funcionários.

Eles não faziam a guarda direta do presidente Michel Temer/Foto: Divulgação

Eles não faziam a guarda direta do presidente Michel Temer/Foto: Divulgação

Os suspeitos trabalhavam como agentes de segurança das instalações, e controlavam o acesso à presidência da República em prédios como o Palácio do Planalto, o Palácio da Alvorada e a Granja do Torto. Eles não faziam a guarda direta do presidente Michel Temer.

(NOTÍCIAS AO MINUTO)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.