Amazonas Cidades

Semana Nacional de Trânsito/2016 será aberta amanhã(18), em Iranduba/AM

Blitz educativa abre Semana do Trânsito no AM/Foto: Arquivo
Blitz educativa abre Semana do Trânsito no AM/Foto: Arquivo
Redação
Escrito por Redação
Blitz educativa abre Semana do Trânsito no AM/Foto: Arquivo

                        Blitz educativa abre Semana do Trânsito no AM/Foto: Arquivo

O Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) realiza amanhã, domingo (18), a abertura oficial da Semana Nacional de Trânsito no município de Iranduba, a 40 km de Manaus, com ações programadas para acontecer das 08h00 ás 11h00, que começam com uma blitz educativa com distribuição de material educativo alusivo á Semana Nacional de Trânsito, que acontece de 18 a 25 deste setembro, e traz como tema “Eu sou + 1 por um trânsito + seguro”.

A Semana terá como foco os jovens, aqueles que se preparam para tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e também os que estão habilitados a menos de dez anos.  Durante a semana, o Detran-AM promoverá várias ações para conscientizar o cidadão para a um trânsito mais seguro.

Em Manaus, a Semana será de intensa programação, que inclui palestras, mostra cultural com realização de teatro de fantoches em escolas da rede pública, blitz educativa e de fiscalização, entre outras. “Serão sete dias para a sociedade, órgãos de trânsito, entidades públicas e privadas concentrarem suas ações na conscientização e em busca de um comportamento seguro no trânsito, reforçando o conceito de que todos somos responsáveis em tornar nossas ruas, avenidas, estradas um lugar seguro, para pedestres, ciclistas, motociclistas, motoristas e passageiros”, comentou o diretor-presidente do Detran-AM, Leonel Feitoza.

Na próxima segunda-feira (19), o Detran-AM, juntamente com os demais Detrans do País, irá parar por um minuto ao meio-dia horário local. Será um minuto de silêncio em memória das vítimas de acidentes de Trânsito. A proposta foi da Associação Nacional dos Detran (AND) que agora já está atingindo os países do Mercosul.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.