Amazonas Cultura

Seminário ‘Cine-História’ discute o cinema no processo ensino-aprendizagem

Centro de Artes Claudio Santoro(Parintins)/Foto: Divulgação
Centro de Artes Claudio Santoro(Parintins)/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

Cinema e história chegam ao Município de Parintins, a 369km de Manaus, numa parceria da Secretaria de Estado da Cultura e Universidade do Estado do Amazonas que realizam, no período de 25 a 28 de novembro, das 08h00 às 20h00, no  Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro – Unidade Parintins, o Seminário “Cine-História: Ensino, Pesquisa e Extensão com o Audiovisual na Amazônia”, organizado pelo Colegiado de História, do Centro de Estudos Superiores de Parintins (CESP/UEA).
O evento é destinado a acadêmicos dos cursos regulares de licenciatura e dos cursos de oferta especial de Direito e Pedagogia Intercultural Indígena do CESP/UEA, além de alunos de pós-graduação e professores/alunos dos núcleos de Música, Artes Visuais e Audiovisual do Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro – Unidade Parintins.

O objetivo do seminário é lançar uma reflexão crítica sobre as possibilidades de trabalhar com a interface entre cinema, história e realidade social no ensino, na pesquisa ou na extensão universitária.

“Por meio de ferramentas culturais como o cinema e a música, por exemplo, têm-se maneiras diferenciadas de alcançar diversos públicos, principalmente crianças e adolescentes. Por isso, esse evento realizado em Parintins é de suma importância para discutir novas formas de democratização do ensino”, afirmou o governador do Amazonas, José Melo.

O evento reúne professores de diversas universidades que têm ao cinema e à música como ferramentas de ensino aprendizagem ou como veículos de sensibilização da sociedade para temas centrais da cultura e da política brasileira contemporânea.

Dessa forma, será possível uma discussão bibliográfica sobre o assunto bem como o levantamento dos desafios e perspectivas aberto aos produtores e pesquisadores de materiais audiovisuais na região norte do Brasil.

“O seminário é uma oportunidade de discussão sobre um assunto tão importante, que a realização do processo de aprendizagem por meio da cultura. É um momento para ampliar projetos nas instituições de ensino e movimentos sociais, aprofundando o conhecimento técnico e suscitando novos trabalhos envolvendo as múltiplas possibilidades que a cultura oferece”, ressaltou o secretário de Estado de Cultura, Robério Braga.

A proposta do seminário nasceu do projeto “Cine UEA em Movimento na Escola”, que leva exibições comentadas para escolas e espaços comunitários de Parintins, município localizado no médio-baixo Amazonas.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.