Brasil

Sobe para oito o número de mortos em queda de avião, no PR

Avião cai sobre kombi e deixa oito mortos/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação
Avião cai sobre kombi e deixa oito mortos/Foto: Divulgação

                       Avião cai sobre kombi e deixa oito mortos/Foto: Divulgação

Subiu para oito o número de mortos na queda da aeronave na noite de ontem, domingo (31), em Cambé, região Metropolitana de Londrina, norte do Paraná.
O avião caiu na Rua Marechal Hermes da Fonseca, no Jardim Sabará, que fica a 300 metros da UEL (Universidade Estadual de Londrina). A aeronave de pequeno porte caiu em cima de um barracão onde estavam seis caminhões carregados com combustível.

Várias equipes do Corpo de Bombeiros foram chamadas até o local devido ao risco de várias explosões e até residências vizinhas serem atingias pelo fogo.

O avião é um Navajo que vinha de Várzea Grande, no Mato Grosso. Oito pessoas estavam no interior da aeronave. O Comandante – Antonio Viçoto, co-piloto, três adultos e três crianças.

O dono do avião foi identificado como Mauri Viana. Mauri é vereador e foi candidato a senador em 2014 no Paraná pelo PRP. Apesar de ser dono do avião, Mauri não está entre os mortos.

Ele, a atual esposa, filha e genro voaram num avião Baron minutos antes da saída do Navajo com destino a cidade de Caldas Novas, em Goiás. Já outros parentes de Mauri Viana embarcaram com destino a Londrina.

Entre os mortos duas filhas, um neto, a ex-mulher, irmão e cunhada da ex-mulher do presidente da Federação Nacional dos Trabalhadores Celetistas nas Cooperativas no Brasil – Fenatracoop, Mauri Viana Pereira.

Eles foram identificados como Antônio Viçoti – piloto, Henrique Moises Cardoso – co-piloto, Maria Clara Castro Viana, 9 anos, Maria Cândida Castro Viana, 15 anos, Miguel Viana Barion, Cleuniza Madriolo, Joceli Ribeiro dos Santos e Marilene Ribeiro dos Santos, 55 anos.(Terra)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.