Amazonas Cidades

SOS Vida da Millenium continua trafegando irregular e com placa Cinza

Redação
Escrito por Redação

A empresa Millenium Locadora Ltda, contratada pela Prefeitura de Manaus, desde 2011, entrou na mira de dois vereadores de Manaus, Jaildo dos Rodoviários (PRP) e Rosi Matos (PT), tanto pelos altos valores dos contratos firmados com a prefeitura de Manaus, quando por estar descumprindo leis trabalhistas, de trânsito e da seguridade social.

 

A empresa está maquiando seus carros de transportes de passageiros com placas Cinza, para fugir do seguro obrigatório dos passageiros que ela transporta diariamente. A empresa Millenium é uma das responsáveis pelo transporte de emergência SOS Vida e transportes escolares da prefeitura, mas a empresa foi fazer o seu registro de atividades no Sindicato dos Transportes de Cargas do Amazonas (Sindcargas), que atende e sindicaliza os trabalhadores dos transportes de cargas e não de passageiros.

 

O motivo da “preferência” de sindicalização teria sido para não pagar a sexta básica, o plano de saúde e a implantação do banco de horas, que termina por sacrificar o trabalhador e beneficiar a empresa. Mas o que mais tem pesado na decisão é o não pagamento do seguro obrigatório. Se os carros da Millenium circulassem com placa Vermelha, teriam que pagar seguro que cobrisse também acidentes com os passageiros e não só com o motorista. Como são carros de aluguel, para transportes, esse tipo de seguro é obrigatório, com a autorização da Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU).

 

“A placa vermelhar obriga a empresa pagar o seguro extensivo a todos os passageiros, quando é placa cinza o seguro só é pago ao motorista”, afirma o presidente do Sindicato dos Transportes Especial, William Enock. De acordo com ele, a empresa pratica salários abaixo do piso das categorias do setor dos transportes de passageiros, além dos atrasos de pagamento mensal, ela também não cumpre com a convenção coletiva da categoria. “Os ônibus da Millenium estão todos irregulares”, afirma.

 

O risco maior, é o transporte escolar, que também encontra-se na mesma situação. Ou seja, os carros estão irregulares e a prefeitura continua fazendo vista grossa para a possibilidade de tragédia, como tem acontecido rotineiramente em Manaus de 2010, para cá.

 

Em uma notícia publicada pelo portal D24, em 26 de fevereiro de 2012, eles afirmam que a Millenium Locadora Ltda., foi quem mais “abocanhou” recursos da prefeitura de Manaus de 2011 a 2012. Em um ano, ela lançou 18 extratos, entre contratos e renovações, somando R$ 10.135.966,00.

 

Ainda de acordo com a nota, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) foi a recordista em aluguel de automóveis. Foram R$ 13.283.346,56 em cerca de 25 contratos e renovações de contratos. A Millenium Locadora Ltda. também fechou um termo de renovação com a secretaria, no valor de R$ 3.314.200,00, para locação de 20 veículos modificados para ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

SOS Vida, Samu e transportes escolares todos irregulares.

SOS Vida, Samu e transportes escolares todos irregulares.

Para a vereadora Rosi Matos, alguma coisa não está certo nessa relação entre a empresa e a prefeitura de Manaus. “Se a Millenium faturou R$ 10.135.966,00 em um único ano, quanto ela terá faturado até esse ano de 2016”, questionou. Na dúvida, a vereadora vai convocar a empresa a dar explicações no plenário da Câmara Municipal de Manaus, na próxima semana.

A mudança de razão social não alterou a forma de operar.

A mudança de razão social não alterou a forma de operar da empresa.

 

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.