Esportes

Stipe Miocic nocauteia Werdum no 1º round e é novo campeão do UFC

Redação
Escrito por Redação

Stipe Miocic conseguiu o feito de calar 45 mil pessoas na Arena do Atlético Paranaense, em Curitiba, na madrugada deste domingo (15), no UFC 198. O norte-americano nocauteou Fabrício Werdum ainda no 1º round e passa a ser o novo campeão dos pesos pesados da maior organização de MMA do mundo.

O brasileiro e agora ex-campeão dos pesados preferiu partir para a luta em pé com seu adversário, deixando as tentativas de queda e golpes de jiu-jitsu, e acabou levando a pior em um soco no queixo em um contra-ataque quando partia para cima de seu rival. Tudo isso antes do fim dos primeiros cinco minutos.

“Eu gostaria de agradecer aos fãs, vocês estavam contra mim, mas são vocês que fazem isso acontecer. Fabrício é duro, tive de advinhar o que ele estava fazendo, então estava me preparando para isso”, disse o campeão.

Werdum mostrou bastante confiança durante a semana inteira. Brincou com o público em diferentes momentos, entrou sorrindo e fazendo a sua careta apelidada de “happy face” e com o som do tema da vitória de Ayrton Senna. Ele não mostrava muita preocupação em enfrentar Miocic. Na entrevista pós-luta, ainda no octógono, ele não escondeu a tristeza.

“Preciso admitir, ele foi melhor do que eu, mas vou fazer de tudo para voltar e ser campeão de novo”, lamentou o brasileiro.

A derrota não só tira mais um cinturão do Brasil como adia os planos de Werdum de se consolidar como um dos maiores lutadores do país e coroar uma carreira que já conta com vitórias importantes. A expectativa do país era ainda maior pelo fato de o card ter sido transmitido ao vivo na TV Globo. Agora, apenas Rafael dos Anjos é um lutador brasileiro que tem cinturão.

A festa do UFC em Curitiba já estava quase completa com quase todos os brasileiros vencendo suas lutas contra os estrangeiros. A única exceção foi Warlley Alves, que acabou derrotado por Bryan Barberena.
Antes, Maurício Shogun, Minotouro, Demian Maia, Ronaldo Jacaré e Cris Cyborg já haviam levado os mais de 45 mil presentes no Estádio do Atlético Paranaense à loucura.

(UOL)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.