Esportes

Surfe: Filipe Toledo é o campeão do US Open 2016

A próxima etapa do Mundial acontece em agosto, com o Billabong Pro Teahupoo/Foto: divulgação
Redação
Escrito por Redação
A próxima etapa do Mundial acontece em agosto, com o Billabong Pro Teahupoo/Foto: divulgação

A próxima etapa do Mundial acontece em agosto, com o Billabong Pro Teahupoo/Foto: divulgação

Filipe Toledo levou a multidão que lotou o famoso píer de Huntington Beach, na Califórnia, ao delírio neste domingo (31). O brasileiro aplicou seus aéreos decidindo a conquista do segundo título nos três últimos anos do campeonato mais tradicional dos Estados Unidos. E quase que a decisão foi 100% brasileira. Mas, o jovem australiano Ethan Ewing, 18 anos, barrou o campeão mundial Adriano de Souza nas semifinais, e encarou Filipinho na decisão.

O baiano Bino Lopes também competiu no domingo e entrou no grupo dos dez surfistas que se classificam para a elite do Mundial do ano que vem ao cravar o quinto lugar no QS 10000 Vans US Open of Surfing.

Já a próxima etapa do Mundial acontece em agosto, com o Billabong Pro Teahupoo, entre os dias 19 a 30, no Taiti. Isso fez com que alguns tops da elite aproveitasse o intervalo para competir no QS 10000 US Open, como Filipe Toledo, que conquistou o bicampeonato em Huntington Beach, provando mais uma vez ser um dos melhores do mundo em “beach breaks” (praias com fundo de areia).

A melhor onda de Filipe valeu 8,17 para totalizar 15,67 pontos, contra 13,40 do mais jovem integrante do CT deste ano, com 18 anos de idade.

Na grande final, Filipe Toledo continuou com a tática de pegar várias ondas e seguir arriscando as manobras aéreas para aumentar suas notas. Ele novamente completou as aterrisagens para tirar notas 7,83 e 7,07 em duas ondas seguidas. Elas construíram o placar da sua segunda vitória no prestigiado US Open of Surfing, por 14,90 a 10,46 pontos do australiano Ethan Ewing. O título valeu um prêmio de 40 mil dólares e os 10.000 pontos levaram Filipe Toledo direto para a nona posição do ranking na sua primeira participação em etapas do WSL Qualifying Series esse ano.

“Este é o momento mais especial para mim, depois de uma semana de surfe abençoada contra todos esses grandes surfistas”, disse Filipe Toledo, que mora na Califórnia com toda a família. “Estou muito feliz por ter dois títulos do US Open, a multidão aqui em Huntington é incrível e tenho todo o apoio da minha família e amigos. Este resultado aumenta minha confiança para competir no Taiti (próxima etapa do CT). Eu sei que é uma onda totalmente diferente, mas vencer um campeonato sempre te dá uma motivação extra”, completou Filipe, que atravessou a multidão pela praia carregado nos ombros dos seus irmãos do mar até o pódio.

RESULTADOS DO ÚLTIMO DIA DO QS 10000 VANS US OPEN OF SURFING:

Campeão: Filipe Toledo (BRA) por 14,90 pontos (notas 7,83+7,07) – US$ 40.000 e 10.000 pontos
Vice-campeão: Ethan Ewing (AUS) com 10,46 pontos (6,13+4,33) – US$ 20.000 e 8.000 pontos

SEMIFINAIS – 3.o lugar com 6.500 pontos e US$ 11.000 de prêmio:

1.a: Ethan Ewing (AUS) 14.60 x 13.53 Adriano de Souza (BRA)
2.a: Filipe Toledo (BRA) 15.67 x 13.40 Kanoa Igarashi (EUA)

QUARTAS DE FINAL – 5.o lugar com 5.200 pontos e US$ 7.000 de prêmio:

1.a: Ethan Ewing (AUS) 13.40 x 12.40 Ryan Callinan (AUS)
2.a: Adriano de Souza (BRA) 13.43 x 3.63 Sebastian Zietz (HAV)
3.a: Kanoa Igarashi (EUA) 13.04 x 11.83 Bino Lopes (BRA)
4.a: Filipe Toledo (BRA) 14.20 x 12.63 Michel Bourez (TAH)

G-10 DO WSL QUALIFYING SERIES – 32 etapas:

1.o: Leonardo Firoravanti (ITA) – 17.750 pontos
2.o: Ethan Ewing (AUS) – 16.500
3.o: Connor O´Leary (AUS) – 14.700
4.o: Joan Duru (FRA) – 13.480
5.o: Deivid Silva (BRA) – 12.680
6.o: Bino Lopes (BRA) – 11.610
7.o: Ryan Callinan (AUS) – 10.750
8.o: Ezekiel Lau (HAV) – 10.300
9.o: Filipe Toledo (BRA) – 10.000
10: Evan Geiselman (EUA) – 9.400

(NOTÍCIAS AO MINUTO)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.