Saúde

Susam inaugura novo posto de coleta de leite, na Maternidade Chapot Prevost

Redação
Escrito por Redação

Encerrando a programação especial alusiva à Semana Mundial do Aleitamento Materno (SMAM), a Secretaria Estadual de Saúde (Susma) coloca em funcionamento nesta sexta-feira (7), às 10h, mais um posto de coleta, que dará suporte ao serviço dos Bancos de Leite Humano (BLHs) da rede estadual. O novo posto vai funcionar nas dependências da Maternidade Chapot Prevost, localizada na Colônia Antonio Aleixo. Nesta quinta-feira (6), também como parte das atividades da SMAM, a maternidade Ana Braga realizou uma solenidade para homenagear as mães que ajudam no funcionamento do Banco de Leite do Amazonas, vinculado à unidade.

 

Durante toda esta semana, equipes das maternidades, dos bancos de leite e seus postos de coleta, reforçaram as orientações sobre o tema. O secretário estadual de Saúde, Pedro Elias de Souza, destaca que o aleitamento materno é considerado um grande aliado das ações de combate à mortalidade infantil. “É muito importante o trabalho das equipes de saúde, no sentido de resgatar a cultura do aleitamento materno, de forma exclusiva, até que a criança complete seis meses de vida, sendo mantido até pelo menos os dois anos de idade”, afirmou.

Nesta quinta-feira (6), na maternidade Ana Braga, a professora e advogada Fabíola Vasques Pereja, 35 anos, foi uma das homenageadas por colaborar com o Banco de Leite que funciona na unidade. Ela compareceu com o seu bebê, de seis meses, e disse estar muito feliz em ter conseguido, com seu leite excedente, ajudar a alimentar outras crianças, principalmente aquelas prematuras, internadas em Unidades de Terapia Intensiva, lutando pela vida.

No auditório do Instituto da Mulher Dona Lindu, aconteceu uma exposição (em banners) de trabalhos científicos sobre o Aleitamento Materno. Na Maternidade Azilda Marreiro, o penúltimo dia da programação especial foi marcado por atividades como oficinas, rodas de conversa com as grávidas e distribuição de material informativo sobre a importância do aleitamento materno.

Tabatinga – Na Maternidade Celina Villacrez Ruiz, de Tabatinga, que também integra a rede estadual de saúde, o encerramento das atividades da SMAM, nesta sexta-feira, será marcado por um ciclo de palestras, com temas como “Direitos da mulher que trabalha e estímulos para as mães trabalhadoras” e “Importância do aleitamento materno como proteção desde o primeiro momento”. As palestras serão abertas à população e também aos funcionários da maternidade e da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) que funciona no mesmo complexo.

O tema da Semana Mundial de Aleitamento Materno este ano é “Amamentação e trabalho: para dar certo o compromisso é de todos”. A amamentação é um direito garantido por lei. Todas as mães têm o direito de amamentar seus filhos, no trabalho, em casa e até mesmo quando estão privadas de liberdade. O artigo 9° do Estatuto da Criança e do Adolescente assegura que é dever do governo, das instituições e dos empregadores garantir condições para que as mães amamentem. “Desde que iniciei meu pré-natal tive a oportunidade de saber do meu direito de amamentar.

 

Recebi essa orientação em todas as unidades de saúde do município, aqui na maternidade recebi panfletos com informação sobre a importância do aleitamento e percebi que fazendo isso garantirei uma vida saudável ao meu bebê”, disse a dona de casa Janeth Zumba Sangama.

 

 

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.