Saúde

Susam leva atividade educativa sobre aleitamento materno a Cidade Nova

Redação
Escrito por Redação

O Centro de Convivência da Família da Cidade Nova recebeu nesta quarta-feira (5) uma ação educativa alusiva à Semana Mundial do Aleitamento Materno, que está sendo realizada pela Secretaria Estadual de Saúde (Susam). Equipes do Banco de Leite Galileia, que é vinculado à Maternidade Azilda Marreiro, foram ao centro de convivência para levar orientações e distribuir material informativo sobre a importância do aleitamento materno para a saúde dos bebês. Durante toda esta semana, equipes das maternidades, dos bancos de leite e seus postos de coleta, estão reforçando as orientações sobre o tema. O secretário estadual de Saúde, Pedro Elias de Souza, destaca que o aleitamento materno é considerado um grande aliado das ações de combate à mortalidade infantil. “É muito importante o trabalho das equipes de saúde, no sentido de resgatar a cultura do aleitamento materno, de forma exclusiva, até que a criança complete seis meses de vida, sendo mantido até pelo menos os dois anos de idade”, afirmou.

 
Na maternidade Ana Braga, que fica no bairro de São José, a programação da semana foi marcada, nesta quarta-feira à tarde, por uma atividade de capacitação sobre o tema, voltada para os funcionários da unidade. No Instituto da Mulher Dona Lindu, a equipe do Banco de Leite Fesinha Anzoategui, realizou, também no período da tarde, no auditório da unidade, uma atividade de sensibilização para a importância do aleitamento materno, que teve como público-alvo as usuárias do serviço.

Tabatinga – A Maternidade Celina Villacrez Ruiz, localizada no município de Tabatinga (distante 1.105 quilômetros de Manaus), também está participando da programação da Semana Mundial de Aleitamento Materno. Durante esta semana as equipes da unidade, que integra a rede estadual de Saúde, estão realizando ações de promoção do aleitamento materno, com a realização de palestras e distribuição de material informativo sobre a importância da amamentação para a saúde dos bebês.

“Antes mesmo antes de iniciarmos os preparativos de credenciamento da maternidade para a Iniciativa Hospital Amigo da Criança (IHAC), que está em andamento, já realizávamos diversas ações de promoção do aleitamento materno. Nesta semana, em especial, estamos intensificando essas ações e trabalhando com as futuras mães sobre a importância do aleitamento materno”, informa a diretora da Maternidade, Pauline Campos.

Ela destaca, ainda, que os profissionais de saúde e demais colaboradores da unidade são constantemente treinados e capacitados sobre a importância do aleitamento materno para promover mudanças em rotinas e condutas com o objetivo de orientar as mães a amamentarem seus bebês exclusivamente ao peito até aos seis meses de idade e complementado com outros alimentos até aos dois anos. “Temos esse cuidado de ter toda a nossa equipe treinada e afiada na questão da amamentação, pois sabemos que os maiores beneficiados com isso são os bebês que serão bem alimentados e terão mais saúde”, disse.

Na sexta-feira (7), será realizado um ciclo de palestras nas dependências da própria maternidade, com temas como “Direitos da mulher que trabalha e estímulos para as mães trabalhadoras” e “Importância do aleitamento materno como proteção desde o primeiro momento”. As palestras serão abertas à população e também aos funcionários da maternidade e Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

O tema da Semana Mundial de Aleitamento Materno este ano é “Amamentação e trabalho: para dar certo o compromisso é de todos”. A amamentação é um direito garantido por lei. Todas as mães têm o direito de amamentar seus filhos, no trabalho, em casa e até mesmo quando estão privadas de liberdade. O artigo 9° do Estatuto da Criança e do Adolescente assegura que é dever do governo, das instituições e dos empregadores garantir condições para que as mães amamentem. “Desde que iniciei meu pré-natal tive a oportunidade de saber do meu direito de amamentar.

Recebi essa orientação em todas as unidades de saúde do município, aqui na maternidade recebi panfletos com informação sobre a importância do aleitamento e percebi que fazendo isso garantirei uma vida saudável ao meu bebê”, disse a dona de casa Janeth Zumba Sangama.

Referência no Alto Solimões – Gerenciada pela Susam em parceria com o Instituto Novos Caminhos – Organização Social, a Maternidade Enfermeira Celina Villacrez Ruiz, com 25 leitos, é considerada uma das mais importantes obras na área de saúde do município de Tabatinga. A unidade faz parte de um grande programa de revitalização e ampliação dos serviços e da infraestrutura de saúde no interior do Amazonas, executado pelo Governo do Estado.

Além de Tabatinga, a Maternidade é referência para o atendimento de grávidas oriundas dos outros oito municípios da região do Alto Solimões – Atalaia do Norte, Benjamin Constant e São Paulo de Olivença, Fonte Boa, Santo Antônio do Içá, Jutaí, Amaturá e Tonantins.

 

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.