Saúde

Susam promove campanha de conscientização sobre o Teste do Pezinho

teste-do-pezinho
Redação
Escrito por Redação

A Secretaria Estadual de Saúde (Susam) promove neste sábado (6) uma ação de sensibilização sobre a importância do Teste do Pezinho. Equipes da Coordenação Estadual de Triagem Neonatal estarão fazendo a distribuição de material informativo sobre este exame, a partir das 8h, na esquina das avenidas Constantino Nery com Pedro Teixeira, em frente à sede da Fundação Hemoam. O Teste do Pezinho é oferecido na rede pública de saúde e ajuda a detectar precocemente uma série de doenças (congênitas ou infecciosas).
A ação é alusiva a Dia Nacional do Teste do Pezinho, comemorado neste sábado, 6 de junho, dia em que foi publicada, em 2001, a Portaria do Ministério da Saúde que institui o Programa Nacional de Triagem Neonatal, no Sistema Único de Saúde (SUS). “O objetivo deste programa é triar, acompanhar e tratar os recém-nascidos que, por ventura, sejam portadores de doenças como hipotireoidismo congênito e fenilcetonúria”, explica a coordenadora estadual de Triagem Neonatal, Rosiane Pantoja.

 

Segundo ela, além da atividade deste sábado, a programação alusiva ao Dia Nacional do Teste do Pezinho se estenderá até o dia 12, com visitas da equipe do programa às unidades de saúde que realizam a coleta do material para o Teste do Pezinho (maternidades, unidades básicas de saúde e centros de atenção integral à criança). “Também estaremos enviando o material educativo da campanha para unidades da área rural e do interior do Estado”, disse a coordenadora. “Nosso esforço é para ampliar cada vez mais as informações sobre a importância do exame, que é um direito de todas as crianças”, acrescentou.

A Maternidade Balbina Mestrinho é a unidade de referência para o atendimento e acompanhamento aos pacientes portadores da fenilcetonúria e do hipotireoidismo congênito. A Fundação de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam) é a referência no atendimento e acompanhamento para as doenças falciformes e outras hemogloninopatias detectadas pelo exame. É também na Fundação Hemoam que funciona o Laboratório de Triagem Neonatal, referência na análise do Teste do Pezinho para toda a Região Norte.

Rosiane explica que o preconizado pelo Ministério da Saúde para a coleta do exame é que ela ocorra do 3º ao 5º dia do nascimento. “Deve-se evitar ultrapassar esse prazo, mas a orientação é que, mesmo após o período, a mãe não deixe de procurar o posto de coleta para orientação e realização do teste no bebê”, frisa a coordenadora. Ela ressalta que quanto mais cedo ocorre o diagnóstico das anormalidades que são detectadas pelo teste, melhor para o tratamento do bebê e para evitar sequelas, como distúrbios do metabolismo, retardo mental, doenças irreversíveis do sangue, entre outras.

 

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.