Amazonas Cultura

Teatro Amazonas recebe o concerto ‘Alma Vermelha’, na terça-feira (08)

Orquestra de Violões do Amazonas/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

Um concerto que vai resgatar as emoções genuínas das toadas das décadas de 80 e 90 e ainda apresentar canções inéditas e MPB é o que o concerto “A Alma Vermelha de Emerson Maia”, vai oferecer ao público na próxima terça-feira (08), às 20h00, no Teatro Amazonas, num concerto que é uma realização da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), com entrada grátis.
Mostrando mais uma vez muita versatilidade e profissionalismo, a Orquestra de Violões do Amazonas sob o comando do maestro Davi Nunes mostra ao público que pode enveredar por diversos estilos musicais com os violões e, desta vez, o enfoque serão toadas e músicas regionais, com as participações especiais de intérpretes e compositores amazonenses como  Márcia Siqueira, Tony Medeiros, David Assayag e Israel Paulain.

No repertório, 13 obras que vão de clássicos das toadas de Garantido e Caprichoso, com composições do poeta e artista parintinense Emerson Maia, até músicas inéditas, com destaque para um dos grandes clássicos do Festival Folclórico de Parintins, de 1996, a toada “Lamento de Raça” e ainda “Toque de Midas”, “Índio”, “Rio Amazonas” e “Sentei junto ao pé da roseira”.

“Mais uma vez a Orquestra de Violões surpreende com muito profissionalismo o público que frequenta o Teatro Amazonas. Com a diversidade de apresentações, mostra que o violão pode ser utilizado para públicos que apreciam do popular ao erudito, com a mesma qualidade técnica”, concluiu o secretário de Estado de Cultura, Robério Braga.

O espetáculo musical foi idealizado pelo maestro Davi Nunes que conheceu em 2013 o artista Emerson Maia e, aprecias suas composições, percebeu a riqueza que possuíam tanto em letra quanto em música e prosódia. ”Quero, com este trabalho, destacar o trabalho da Orquestra de Violões do Amazonas com o ritmo ‘toada’ e valorizar artistas regionais como Emerson Maia, que possuem talento inquestionável e elaboram com riqueza de valores culturais suas composições, fugindo ao meramente comercial”, declarou o maestro Davi Nunes. Nas últimas apresentações, os 20 músicos da Orquestra de Violões do Amazonas têm recebido crítica positiva do público pela qualidade da escolha dos repertórios e pelo trabalho de reconhecimento e valorização do violão no Amazonas.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.