Amazonas Cidades

Terminal da Cachoeirinha entra em reforma e usuários devem estar atentos

Obras já em andamento no T2/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

Foram iniciadas ontem, sábado (13), as bras de recuperação do espaço onde está localizado o terminal de integração T2, na rua Manicoré, Cachoeirinha, zona Sul. Em função da medida, durante todo o dia, foi intensificou o trabalho de orientação ao usuário sobre as opções de pontos de embarque e desembarque das linhas que utilizavam o T2.
Quinze fiscais de transporte da SMTU estiveram presentes no entorno do terminal para esclarecer dúvidas e distribuir folheto informativo com um mapa da localização das áreas de embarque e desembarque nas ruas Carvalho Leal e Itacoatiara, bem como a descrição das linhas que param em cada local.

A troca de ônibus entre as linhas do T2, nos pontos das ruas Carvalho Leal e Itacoatiara, somente ocorrerá mediante o uso de um dos cartões Passa Fácil (Estudante, Vale Transporte e Cidadão), que dá direito a benefício da integração temporal no intervalo de duas horas.

O trânsito nas vias do entorno do T2 será monitorado por agentes do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans).

Desvios

O planejamento feito garante que as linhas que passam duas vezes pelo terminal continuem fazendo a mesma operação de integração, ou seja, com embarque no sentido Bairro/Centro e Centro/Bairro nos seguintes pontos:

1.   Av. Carvalho Leal (sentido Bairro/Centro): Parada em frente ao Supermercado DB para embarque/desembarque;

2.   Av. Carvalho Leal (sentido Centro/Bairro): Parada próxima a Funerária São Francisco para embarque/desembarque;

3.   Rua Itacoatiara (sentido Bairro/Centro): Parada em frente à Igreja Universal para embarque/desembarque;

4.   Rua Itacoatiara (sentido Centro/Bairro): Parada próxima a Distribuidora Zé Mirim para embarque/desembarque, lado oposto à Igreja Universal.

As informações detalhadas sobre como as linhas serão distribuídas nos pontos de parada das ruas Itacoatiara e Carvalho Leal, também, estão disponíveis no sitesmtu.manaus.am.gov.br. No site, o usuário encontrará a lista de todas as linhas que passam pelo T2 com um croqui do itinerário que deverá ser cumprido nas ruas do entorno do terminal.

Obras

As obras no T2 tiveram início com a retirada das telhas de barro e a limitação física do local para que os trabalhos sejam executados com segurança. As primeiras intervenções marcam o início da obra que contará com a  demolição completa do terminal. A obra, executada pela Secretaria Municipal de Infraestrutura, está prevista para durar 120 dias e conta com investimento de R$ 2,1 milhões.

O projeto contempla a substituição da cobertura atual por novas estruturas metálicas, que se estenderão para a área de circulação de ônibus; a recuperação do piso que receberá um revestimento de alta resistência; a implantação de novas instalações das partes elétrica e hidráulicá; e o recapeamento total das vias internas.

Além disso, os banheiros serão reformados e mais dois serão construídos. A plataforma de embarque e desembarque do sentido Bairro – Centro será estendida em mais 1,2 metros de largura e contará com rampas de acesso para cadeirantes. A iluminação será reformulada para atender melhor os passageiros e o entorno do terminal receberá luminárias a LED.

Ambulantes

Os 62 vendedores de bombons e guloseimas do Terminal 2 já haviam sido realocados na noite de quinta-feira, 11, por servidores da Secretaria Municipal do Trabalho, Empreendedorismo, Abastecimento, Feiras e Mercados (Semtef) para as calçadas das ruas Itacoatiara e Carvalho Leal, no mesmo bairro, de forma provisória.

Os locais escolhidos são de pouco fluxo de pedestres e foram apontados pelos ambulantes e o Sindicato dos Vendedores Ambulantes de Manaus (Sinvam).

A diretora do Departamento de Comércio Informal (Decin), Ewanúbia Ribeiro, disse que a secretaria está elaborando um plano emergencial para realocar os ambulantes para uma área definitiva durante o período de reforma do terminal. “Entendemos que são todos pais de famílias e precisam trabalhar. Por isso, estamos colocando-os em pontos provisórios”, informou.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.