Amazonas Esportes

Thiago Pereira vê revezamento vencer e torná-lo maior medalhista em Pan

Thiago Pereira exibe a 23a. medalha/Foto: Danilo Verpa
Thiago Pereira exibe a 23a. medalha/Foto: Danilo Verpa
Redação
Escrito por Redação

Da arquibancada do centro aquático de Toronto, Thiago Pereira, assistiu à prova que o tornou o maior medalhista da história dos Jogos Pan-Americanos.
Com a vitória da equipe brasileira no revezamento 4 x 100 m medley, ele amealhou mais um ouro. Pereira não disputou a final, mas nadou as eliminatórias da prova pela manhã, o que lhe dá direito à láurea.

Apesar de não ter obtido nenhum ouro individual no Canadá, Pereira ostenta agora 23 medalhas. São 15 de ouro, quatro de prata e quatro de bronze. O ex-ginasta cubano Erick Lopez, a quem superou, tinha 18 ouros, três pratas e um bronze.

A prova do revezamento que rendeu-lhe o recorde foi vencida por Guilherme Guido, Felipe França, Arthur Mendes e Marcelo Chierighini. Os EUA ficaram em segundo e o Canadá, em terceiro.

Esta foi a quarta participação do brasileiro em Jogos Pan-Americanos. Ele também detém uma medalha olímpica de prata nos 400 m medley em Londres-2012 e duas em Campeonatos Mundiais em piscina longa (50 m).

“Estou muito feliz. Queria ter nadado mais rápido, mas meu objetivo foi cumprido, de botar nosso país na história com o maior medalhista do Pan. É um momento único”, afirmou, depois de receber a medalha de prata nos 200 m medley neste sábado (18).

Pereira deixou em aberto a possibilidade de participar do Pan de Lima, em 2019.

“Não sei se é a última prova minha em Jogos Pan-Americanos. Muita coisa pode acontecer até o próximo Pan. Vai ser ano a ano. Mas posso dizer que eu me emocionei muito, puder ver o quanto sou querido pelas manifestações que recebi”, disse.

Mais cedo, o atleta foi prata nos 200 m medley. O ouro ficou com o também brasileiro Henrique Rodrigues, que terminou a prova em 1min57s06 e bateu o recorde pan-americano, que era do próprio Thiago Pereira.(Folha)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.