Economia

TIM e Intel assinam acordo para aprimoramento de redes virtualizadas

TIM-e-INTEL
Redação
Escrito por Redação

A TIM e a Intel acabam de assinar um Memorando de Entendimento (MoU, na sigla em inglês) criando um acordo de cooperação tecnológica e estratégica, que visa o trabalho em conjunto na virtualização de redes da operadora. O memorando, com duração de dois anos, estreita o relacionamento já existente entre as empresas e expande a colaboração em áreas de Engenharia de Rede, Marketing, Inovação e Estratégia, o que trará mais agilidade e dinamismo na entrega dos produtos.

Os projetos serão trabalhados em conjunto, buscando as melhores práticas da virtualização. O primeiro projeto a ser trabalhado pelas duas empresas tem como escopo o aprimoramento da utilização de virtualização para atender serviços de rede de telecomunicações, onde a Intel terá o papel de consultora apoiando e orientando a TIM na adoção das melhores práticas na implementação de projetos de virtualização de funções de rede (NFV, na sigla em inglês) e de redes definidas por software (SDN, na sigla em inglês). Estas práticas permitem agregar mais inteligência e agilidade a redes de telecomunicações.

Nas iniciativas SDN, é possível programar, automatizar e controlar o comportamento da infraestrutura por meio de software e não por equipamentos de gerenciamento que demandam grande operação. Assim, a solução é capaz de otimizar o uso dos recursos de rede, aumentar a agilidade e a flexibilidade, permitindo inovação e dinamismo, enquanto os custos operacionais e de capital são reduzidos.

“A virtualização de redes é uma tendência clara e irreversível e representa uma transformação que impulsionará a evolução dos serviços tradicionais para os digitais, promovendo o desenvolvimento de uma sociedade e economia digitais. A TIM é pioneira nesse percurso evolutivo, tendo já plataformas e soluções virtualizadas em operação comercial”, conta Marco Di Costanzo, Diretor de Engenharia da TIM Brasil. E complementa: “Nossa parceria com a Intel vai nos apoiar não só na evolução deste processo, como também no aprimoramento e criação de novos modelos operacionais e novas formas de trabalho”.

“Redes mais inteligentes e poderosas são uma necessidade para atender a demanda por novos serviços de telecomunicações, cloud e de centros de dados”, explica Dave González, diretor geral da Intel no Brasil. “Colaboração com a indústria é essencial para evoluir as redes atuais e este acordo com a TIM reforça o compromisso da Intel com a inovação, particularmente no mercado de telco do País”.

O desenvolvimento de NFV e SDN, assim como de serviços baseados em dados armazenados e processados em nuvem, permitirão ainda diversificar e melhorar a transmissão de informações. O Acordo de Cooperação promoverá um avanço tecnológico e um grande passo para o desenvolvimento das redes da operadora no País

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.