Amazonas Cultura

Toquinho volta ao Teatro Manauara, em show com Verônica Ferriani

Toquinho de volta a Manaus/Foto: Cartaz
Redação
Escrito por Redação

Devido ao sucesso de seu último show realizado em Manaus, o público pediu e o cantor, compositor e violonista Toquinho volta a se apresentar, no dia 9 de julho, no palco do Teatro Manauara, a partir de 21h00. Desta vez o artista receberá a cantora Verônica Ferriani, revelação da música popular brasileira, como convidada especial.
Para acesso a apresentação, os ingressos já estão sendo vendidos no valor de setor A – R$ 150,00 (meia-entrada) e setor B – R$ 120,00 (meia-entrada), no site www.ingresse.com e na bilheteria do teatro.

Neste show, Toquinho receberá a cantora Verônica Ferriani, conhecida por trabalhar com vários artistas renomados em São Paulo. A convidada destaca-se por sua técnica vocal primorosa e personalidade cativante. Verônica fará participações em três momentos da apresentação.

O show ainda em comemoração aos seus 50 anos de carreira, promete ser mais intimista. Não faltarão os solos de violão e fatos ligados a sua trajetória artística. O formato continua o mesmo. Toquinho fará a parte dele, Verônica apresentará sua parte e juntos dividem o palco, apresentando lindas canções.

As histórias são um dos pontos mais marcantes do espetáculo musical, pois é quando o artista conta suas experiências engraçadas que viveu ao lado de seu amigo Vinícius de Moraes e com os demais parceiros de carreira. O público adora ouví-las e se diverte com elas e o artista também.

Em seus 50 anos de carreira, Antonio Pecci Filho, mais conhecido por Toquinho, que nasceu em São Paulo, no bairro do Bom Retiro, gravou cerca de 82 discos, compôs mais de 450 músicas e fez cerca de 10.000 shows pelo Brasil e pelo exterior.

A sequência musical de seu show é conservada, mas dependendo do parceiro ou parceira que o acompanha, são feitos ajustes no repertório, para que ambos valorizem seu desempenho no palco.  Músicas como: “Aquarela”, “Tarde em Itapuã”, “Que maravilha”, “Regra três”, “Escravo da alegria”, “O caderno”, “A casa”, “O pato”, “Na tonga da mironga”, “Samba de Orly”, “Carta ao Tom 74”, “Cotidiano n.º 2”, “Samba pra Vinicius de Moraes”, “Carolina Carol bela”, dentre outras, não podem faltar.

Entre os principais parceiros na carreira de Toquinho estão: Vinicius de Moraes, Chico Buarque, Jorge Ben Jor, Paulinho da Viola, Francis Hime, Carlinhos Vergueiro, Gianfrancesco Guarnieri, Elifas Andreato, Paulo César Pinheiro. Já Baden Powell, Edgard Gianullo e Oscar Castro Neves, são as maiores influências do músico.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.