Rondônia

Trabalhadores da panificação de Porto Velho conquistam representação sindical

Panificadores de Porto Velho(RO), com representação Sindical/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

Criado com o compromisso de garantir os direitos dos trabalhadores e de lutar por melhores condições salariais e de trabalho, o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Panificação do Município de Porto Velho (RO), passa a representar os interesses de 1.200 trabalhadores da categoria na capital. A certidão sindical da entidade foi expedida, na sexta (19), pela Secretaria Regional do Trabalho e Emprego de Rondônia e entregue, em mãos, aos dirigentes da entidade.
Para o presidente do sindicato, Cosme Bispo dos Santos, o reconhecimento desta categoria específica significa uma importante conquista para os trabalhadores da região. Ele também destaca a importante participação Confederação Nacional dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação e Afins (CNTA Afins), responsável por organizar e coordenar as entidades da categoria em nível nacional. O deferimento do registro sindical do STI Panificação de Porto Velho foi publicado no dia 13 de janeiro no Diário Oficial da União.

“Receber a Certidão Sindical do STI Panificação de Porto Velho é uma enorme conquista para toda a categoria da panificação de Porto Velho. Nós, da diretoria, e também os trabalhadores da categoria, só temos a agradecer ao apoio nos dado pela CNTA Afins, por intermédio de sua Sala de Apoio em Rondônia, para que pudéssemos concretizar nosso sonho: termos um sindicato específico para nos representar”, comemora.

De acordo com o presidente da CNTA Afins, Artur Bueno de Camargo, a confederação vem trabalhando em todos os municípios, principalmente nas capitais, com o objetivo de organizar os trabalhadores, fundando entidades sindicais a exemplo do STI Panificação de Porto Velho.

“Sempre que houver interesse dos trabalhadores em organizar a entidade de maneira específica do setor, a CNTA Afins estará analisando. Evidentemente que no caso do Estado de Rondônia, é notória a impossibilidade de um único sindicato representar todos os trabalhadores do Estado e por esta razão é que a confederação está apoiando a fundação de sindicatos específicos em seu município para podermos criar futuramente uma federação de trabalhadores da categoria da Alimentação para que esta possa coordenar os trabalhos das entidades de primeiro grau.”, disse Bueno.

Por estar provisoriamente sem sede fixa, o contato com o sindicato pode ser feito através do telefone: (69) 9302-9092 – Cosme Bispo dos Santos.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.