Acre Amazônia

Trabalhadores protestam contra privatização da Eletrobras no Acre

contra-privatizacao-no-Acre
Redação
Escrito por Redação

Mais de 300 trabalhadores integrantes das centrais sindicais (CUT e CTB) protestaram na manhã desta quarta-feira, 27, nas ruas do centro de Rio Branco contra a privatização das companhias elétricas, como a Eletrobras Acre.

O protesto começou cedo na Concha Acústica. De lá, pelo Parque da Maternidade, os manifestantes, com faixas e cartazes nas mãos, caminharam até o Terminal Urbano de Rio Branco. No local, eles fecharam as três baias de acesso dos ônibus por um período de meia hora. Uma enorme fila de ônibus se formou do lado de fora do terminal enquanto acontecia a manifestação.

Do Terminal, os trabalhadores caminharam pela avenida Brasil até a Casa Rosada, escritório oficial do governador Sebastião Viana. Com um carro de som e faixas, eles pediram ao governo que se manifeste contra a privatização do setor elétrico. O acesso ao local ficou fechado durante o protesto.

A presidente da Central Única dos Trabalhadores, Rosana Nascimento, disse que a privatização resultará na demissão em massa de servidores e na piora dos serviços oferecidos pelas empresas elétricas. Sete companhias de energia estão ameaçadas de privatização: Rondônia, Acre, Amazonas, Roraima, Piauí, Alagoas e Goiás.

(ac24horas)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.