Amazônia Cidades Destaques

UEA sedia Ciclo de Palestras da UERJ com pesquisadoras de Direitos Humanos

Ciclo de palestras na UEA/Foto: Arquivo
Ciclo de palestras na UEA/Foto: Arquivo
Redação
Escrito por Redação

Cuidado, ética e Direitos Humanos serão temas de destaque em um Ciclo de Palestras programado para os dias 13 e 14 de maio, na Universidade do Estado do Amazonas (UEA), evento que contará com a participação das renomadas pesquisadoras Bethania Assy, da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RIO), e Agnes Heller, uma das principais filósofas vivas do século XX.
A primeira palestra tem como tema “Cuidado e Ética na Saúde” e será realizada no dia 13, a partir das 14h30, no auditório da Escola Superior de Ciências da Saúde (ESA), com a presença das duas palestrantes e mediação da professora da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), Roseni Pinheiro. A ESA fica localizada na Avenida Carvalho Leal, Bairro Cachoeirinha, zona sul de Manaus.

Já no dia 14, no auditório da Reitoria da UEA, a partir de 18h30, acontecem os debates com os temas “Direitos Humanos: Limites e Possibilidades”, sendo ministrado pela professora Agnes Heller e “O que significa o Humano dos Direitos Humanos?”, com análise de Bethania Assy e mediação da professora da UEA, Silvia Loureiro. A Reitoria da UEA fica localizada na Avenida Djalma Batista, Bairro Flores, em Manaus.

O evento é promovido pela Escola Superior de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Direito Ambiental e Instituto de Medicina Social da Uerj. Conforme informação da professora da UEA, Silvia Loureiro, as palestras serão gratuitas.

“Serão dois dias de eventos com discussões muito enriquecedoras. O evento é aberto ao público da área de Saúde, Ciências Humanas e Ciências Sociais. As inscrições podem ser feitas no local do evento para facilitar a presença dos participantes”, disse.

Sobre as palestrantes:

Agnes Heller começou a estudar Física e Química na Universidade de Budapeste em 1947, mas logo mudou à Filosofia e às Ciências Sociais quando escutou a conferência do Filósofo Marxista György Lukacs, sobre filosofia e cultura. Em 1947, entrou para o Partido Comunista. Participou da Revolução Húngara de 1956 e em 1963 integrou a Escola de Budapeste. Testemunhou a repressão que seguiu à Primavera de Praga em 1968. Em 1986, emigrou para os Estados Unidos onde passou a dar aulas em Nova Iorque na “New School for Social Researchs”.

Bethania Assy é professora de Filosofia do Direito na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RIO) e da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. É PHD em Filosofia pela New School For Social Research. Membro da cátedra Unesco na área de Direitos Humanos: Violência, Governo e Governabilidade e Coordenadora Adjunta do Núcleo de Direitos Humanos (NDH) do Departamento de Direito da PUC-RIO.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.