Cidades

Um homem usando tornozeleira eletrônica foi executado, no bairro Cidade Nova 1

Piloto foi assassinado com 12 tiros/Foto: divulgação Correio da Amazônia
Redação
Escrito por Redação

Um homem identificado apenas como ‘Celso’, mas conhecido como ‘Piloto’, de aproximadamente 35 anos, foi executado com 12 tiros na noite de sábado (20). O crime ocorreu por volta das 21h, na Rua Gaporema (antiga Rua Inajá), bairro Cidade Nova 1, na zona Norte de Manaus.

De acordo com relatos de testemunhas à polícia, dois homens não identificados, em uma motocicleta também não identificada, abordaram ‘Piloto’ que caminhava em via pública. Um dos suspeitos que estava na agrupa efetuou vários tiros. Em seguida, a dupla fugiu tomando rumo ignorado.

Um morador que preferiu não se identificar, disse que na noite anterior, dois homens em uma motocicleta foram vistos na rua onde ocorreu o crime. Segundo ele, ‘Piloto’ era uma pessoa que não fazia mal a ninguém.

“O ‘Piloto’ era uma ótima pessoa e nunca teve problemas com os vizinhos. Ele não fazia mal a ninguém. Só fazia mal a ele mesmo”, declarou um morador.

Ainda de acordo com os moradores, ‘Piloto’ era usuário de drogas e fazia bicos pra sustentar a mãe que é cadeirante.

Durante os procedimentos de perícia, na perna esquerda da vítima havia uma  tornozeleira eletrônica. Junto ao corpo, os peritos criminais recolheram diversas cápsulas de pistola 9 e 380 milímetros. Nenhum familiar da vítima compareceu na cena do crime.

Câmeras de segurança de uma residência registrou a ação dos criminosos e as imagens serão solicitadas pela polícia.

O corpo da vítima foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML). O caso será investigado pela Delegacia Especializada de Homicídios e Sequestros (DEHS).

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

1 comentário

  • Não usava tornozeleira eletrônica… ele usava um relógio na perna. Não tinha problemas c a justiça.
    Era alguém q não fazia mal a ngm.
    Mt querido no bairro.
    Tinha um estilo diferente e sempre usou esse relógio na perna.

error: Ops! não foi dessa vez.