Amazonas Destaques Esportes

Vasco e Flamengo fazem o jogo dos ‘desesperados’ no Pantanal

Arena Pantanal recebe os desesperados Vasco e Flamengo/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

Pela primeira vez na história do Brasileirão Vasco e Flamengo se enfrentam com ambos na zona do rebaixamento. Mas esse não é o único aspecto diferente do Clássico dos Milhões de hoje, domingo às 18h30( de Brasília).
A equipe de São Januário vendeu o mando de campo e a partida será disputada na Arena Pantanal. O público de Cuiabá poderá testemunhar um recorde negativo dos vascaínos se eles não levarem a melhor no duelo. O Vasco teve seu pior início de Brasileirão em 1990, quando passou as nove primeiras rodadas sem vitória. Em 2015, já se passaram oito jornadas sem sucesso. Porém, há 25 anos, a campanha teve resultados ligeiramente melhores: seis empates e três derrotas, incluindo uma por 1 a 0 para o Flamengo. Neste ano, são cinco fracassos e três igualdades.

Por isso o técnico Doriva foi trocado por Celso Roth, que faz hoje sua estreia no comando do Vasco. Experiente, o técnico gaúcho já dirigiu 333 partidas na Série A do Brasileirão desde que o formato de pontos corridos foi implantado. Tem aproveitamento de 47,95%. Seus times têm média de 1,4 gol marcado e 1,3 sofrido por jogo. Recebem aproximadamente três cartões amarelos por partida e têm um jogador excluído a cada cinco duelos. Roth já teve cinco situações semelhantes de assumir clubes durante a disputa do Brasileirão da Série A. Em suas estreias, conseguiu duas vitórias, dois empates e foi derrotado uma vez. O único resultado negativo foi justamente com o Vasco, em 2010, quando assumiu o time na terceira rodada diante do Avaí (1 a 0) e deixou o clube ao final da sétima jornada seguindo para o Internacional.

Campeão carioca de 2015, em cima do Flamengo, no Brasileirão, os rubro-negros não sabem o que é perder para o rival desde 2006. A partida será mediada por Heber Roberto Lopes, que tem 237 arbitragens na Série A em seu atual formato. Do Vasco, foram 21 jogos com sete vitórias (33,3%), três empates (14,3%) e 11 derrotas (52,4%). Do Flamengo, em 23 partidas, o time ganhou sete (30,4%), empatou seis (26,1%) e perdeu dez (43,5%).

Escalações

Vasco:
Martín Silva (Charles), Madson, Anderson Salles, Rodrigo e Christianno (Julio Cesar); Guiñazu, Serginho, Emanuel Biancucchi (Julio dos Santos), Jhon Cley; Riascos e Gilberto. Técnico: Celso Roth

Flamengo:
César; Pará, Wallace, Samir e Anderson Pico; Jonas, Marcio Araujo, Canteros e Everton; Emerson Sheik e Eduardo da Silva. Técnico: Cristóvão Borges

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.