Amazonas Política

Vereador pede ao MPE-Am que determine a suspensão do ‘Zona Azul’

Avenida Getúlio Vargas, no centro de Manaus/Foto: Arquivo
Avenida Getúlio Vargas, no centro de Manaus/Foto: Arquivo
Redação
Escrito por Redação

Com a justificativa de que a Lei do Programa Zona Azul não está em conformidade com o Plano de Mobilidade Urbana de Manaus, o vereador Waldemir anunciou ontem (06), que entrará com representação junto ao Ministério Público do Estado (MPE/AM) para que o “Zona Azul” seja suspenso, até que se faça as adequações necessárias ao plano de mobilidade.
Waldemir afirma que o “Zona Azul”, entra em contradição com o plano de mobilidade porque conforme o que está estabalecido, as ruas Leonardo Malcher, Sete de Setembro, Getúlio Vargas e Joaquim Nabuco, serão corredores preferenciais, porém essas mesmas ruas serão utilizadas para estacionamento. “Como vamos ter corredores preferenciais com estacionamentos?”, questionou o parlamentar.

Entre outras contradições detectadas, Waldemir destaca a Implantação do Sistema Cicloviário no Centro da cidade que também estará comprometido devido à faixa da ciclovia ser a mesma de estacionamento de carros.

“São várias as contradições na implantação do “Zona Azul” com o Plano de Mobilidade que precisam ser resolvidas, afinal a concessão tem previsão para durar vários anos. Manaus precisa urgentemente de um Plano de Mobilidade coerente com a Lei Nacional de Mobilidade Urbana que priorize o transporte coletivo e os meios de transporte não motorizados”, disse Waldemir.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.