Amazonas Formal & Informal

Vereadores de Iranduba decidem continuar ou não o impeachment de Xinaik

iranduba
Redação
Escrito por Redação

No apagar das luzes de 2015, a Câmara Municipal de Iranduba volta a se reunir para votar a continuidade ou não do processo de impeachment do prefeito afastado do cargo por suposto envolvimento em corrupção e desvio de dinheiro público, Xinaik Medeiros.

A Sessão Extraordinária específica, para avaliar o relatório preliminar da Comissão Processante, acontecerá a partir das 9 horas da manhã, dessa quarta feira (30), e deve formalizar um parecer até o final do expediente da manhã.

De acordo com o presidente da Câmara de Vereadores, Francisco Elaime, amanhã o município terá conhecimento a quantas anda o processo de cassação do prefeito Xinaik, mediante os trabalhos de investigação realizados desde o início de instalação da Comissão, que aconteceu a um mês atrás.

Em seguida, será feito uma votação para aprovar ou não a continuidade do processo de cassação do prefeito, que hoje se encontra encarcerado no Quartel da Polícia Militar, em Petrópolis. “Tudo caminha para a continuidade”, deduziu o presidente Francisco Elaime, mas é a Câmara quem vai decidir.

A Câmara de Vereadores de Iranduba é composta por 13 vereadores, com o presidente. Na sessão de amanhã, terão as ausências de três vereadores, que foram afastados pela justiça e uma vereadora que está de licença maternidade. Portanto, são oito votos mais o do presidente, em caso de empate.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.