Brasil

Viação recorre contra norma que dá passagem a jovens de baixa renda

Redação
Escrito por Redação

A associação de ônibus interestaduais vai recorrer contra a resolução da ANTT (agência de transporte terrestre) que determina que, a cada viagem, até quatro passagens sejam destinadas a jovens de baixa renda. De acordo com informações da Folha de S. Paulo, até agora, os empresários não haviam se pronunciado sobre a norma que foi publicada no Diário Oficial no dia 31 de março.

“Pretendemos mudar a regra administrativamente, e, se não for possível, vamos entrar na Justiça. Por que a aviação não tem a mesma regra?”, questiona Paulo Porto presidente da Abrati, a associação das viações.

O setor, no entanto, não acredita na subvenção. “O governo não tem condição de subsidiar mais nada. Teremos que elevar a tarifa dos pagantes em 7%, só por essa determinação”, afirma Porto. O texto determina que, a cada viagem, duas passagens devem ser dadas a jovens de até 29 anos que apresentarem carteirinha dada pela Secretaria da Juventude. Outros dois assentos devem ser vendidos por metade do preço.

(NOTÍCIAS AO MINUTO)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.