Amazonas Esportes

Vitor Belfort vence Henderson, mas não fala de revanche com Anderson

O massacre de Belfort no nocaute/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

A vitória de Vitor Belfort sobre Dan Henderson deixou os fãs do UFC ouriçados quanto a uma possibilidade bem plausível: uma revanche contra Anderson Silva. Mas, questionado na coletiva de imprensa, o carioca fugiu do assunto. Questionado duas vezes, não mencionou o compatriota e ainda elegeu outro lutador como o que quer enfrentar.
Para Vitor, a vontade do momento é calar Luke Rockhold. Mais uma vez. Eles se enfrentaram em 2013, quando o brasileiro venceu com um belo chute rodado. Agora, Rockhold tem luta marcada com Chris Weidman, em dezembro, pelo cinturão dos médios. Vitor Belfort esta de olho no combate.

“O Rockhold está falando muito, está falando demais. Falação da pesada, falta de respeito. É um garotão muito bom, mas estou de olho nele”, afirmou Belfort.

A resposta veio de Rockhold em seu twitter. “Assim como estou (de olho) nele”, respondeu o americano.

Sobre Anderson, nada.

Restou a Giovani Decker, diretor geral do UFC no Brasil, falar sobre o assunto. Pisando em ovos, ele transpareceu gostar da ideia.

“Lutas entre brasileiros sempre é difícil para mim, mas acho que é uma luta interessante, eles têm rivalidade. Vamos ver o que o Vitor e o Anderson pensam disso. Tem várias discussões acontecendo, então vamos ver o que rola”, disse o dirigente.

Anderson Silva está suspenso por doping, mas poderá retornar no começo de 2016. Ele já tem pedido publicamente para lutar em abril, no Brasil, mas não tem rival para isso. O Spider chegou a dizer que gostaria de fazer uma nova luta contra Nick Diaz.

Card principal:
Médio: Vitor Belfort nocauteou Dan Henderson, no 1º round
Meio-pesado: Glover Teixeira nocauteou Patrick Cummins, no 2º round
Galos: Thomas Almeida nocauteou Anthony Birchak, no 1º round
Leves: Alex Cowboy nocauteou Piotr Hallmann, no 3º round
Leves: Rashid Magomedov venceu Gilbert Durinho, por pontos
Meio-pesados: Corey Anderson venceu Fabio Maldonado, por pontos

Card preliminar
Leves: Gleison Tibau finalizou Abel Trujillo, no 1 º round
Leves: Johnny Case venceu Yan Cabral, por pontos
Penas: Thiago Tavares finalizou Clay Guida, a 39s do 1º round
Penas: Chas Skelly finalizou Kevin Souza, no 2º round
Meio-médios: Viscardi Andrade venceu Gasan Umalatov, por pontos
Galos: Jimmie Rivera venceu Pedro Munoz, por pontos (decisão dividida)
Galos: Matheus Nicolau finalizou Bruno Korea, no 3º round

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.