Entretenimento

Vocalista do Falling in Reverse é acusado de estupro nos Estados Unidos

Falling-In-Reverse
Redação
Escrito por Redação

O vocalista da banda emo Falling in Reverse, Ronnie Radke, está sendo acusado de estupro nas redes sociais. Segundo relatos da usuária do Facebook Kacee Boswell, corroborados pelo amigo Levi Rounds, o músico teria cometido o crime na noite desta quinta (4), em Salt Lake City, no Estado do Utah, onde o grupo se apresentou.
“Nariz quebrado (anterior ao estupro) hematomas por todo o meu corpo e uma contusão de três polegadas em minha mandíbula e nos ligamentos da garganta cortada por causa da luta”, escreveu Kacee.

“Ele é um músico sem talento que estava tocando no teatro Murray na noite passada. Se algum dos meus amigos defendê-lo ou até mesmo mencioná-lo ao meu redor, não somos mais amigos. Espero que ele morra lenta e dolorosamente cercado por pessoas torcendo por seu sofrimento”, postou Rounds.

Segundo Kacee, Radke teria sido preso em flagrante por policiais de Salt Lake City. O site “Alternative Press”, que noticiou o caso, no entanto, não conseguiu confirmar o crime com a polícia local. Nesta quinta (5), o vocalista soltou um comunicado ao “AP” negando as acusões.

“A Internet é um lugar maravilhoso, porque todo mundo tem uma voz. É também um lugar horrível, pela mesma razão. Esta não é a primeira vez que as pessoas assumem a responsabilidade para espalhar alegações infundadas e feias sobre mim e meus amigos”, defendeu-se Radke.

“Ninguém da nossa banda ou da equipe foi preso em Utah. Depois do show em Salt Lake City, estávamos preocupados com alguém que parecia estar dirigindo bêbada e ligamos para o 911. Eu pessoalmente falei com o agente de segurança, e certamente não fui preso nem acusado de nenhum crime.”

Esta não é a primeira vez que Ronnie Radke enfrenta acusações do tipo. Em 2008, ele foi preso após participar da briga que resultou na morte de um jovem de 18 anos. Em 2012, após passar dois anos na prisão, foi novamente detido por atirar as hastes do microfone na plateia, ferindo fãs. No mesmo ano, acabou visitando mais uma vez a cadeia, acusado de agredir a namorada.

(UOL)

 

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.