Política

Waldemir quer que prefeito abra a “caixa preta” do transporte

Redação
Escrito por Redação

Depois de quase 04 anos de gestão do prefeito Artur Neto (PSDB), ele ainda não cumpriu o que prometeu no Plenário da Câmara Municipal de Manaus (CMM), aos vereadores da Casa. Argumentou o vereador Waldemir José (PT) ao cobrar mais uma vez, a instalação da comissão mista para estudar as planilhas de custo do sistema de transporte público da cidade.

Conforme o parlamentar, o prefeito esteve na Câmara em 2013, para abertura do ano legislativo, prometeu que instalaria a comissão mista para debater as planilhas do transporte. No entanto, até a presente data, Arthur não cumpriu o prometido e o resultado disso é que todos os anos as empresas de transporte de passageiros ficam pressionando o poder público por aumento da tarifa.

Para Waldemir José, é preciso fazer uma auditoria nas planilhas de custo do sistema de transporte, porque somente apresentar documentos não é suficiente. Além de que, nem a Sociedade Civil, nem os usuários e nem mesmo a Câmara têm qualquer dado ou informações confiáveis que mostrem os reais custos do transporte público daqui.

“Devido à falta de transparência sobre os custos do transporte, aos empresários fazem todos os anos uma farsa de greve para justificar o aumento da tarifa, por isso é necessário a criação dessa comissão para abrir a ‘caixa preta’ da planilha de custo do transporte”, afirmou Waldemir José.

Ele também criticou o Poder Judiciário dizendo que “não é papel do Judiciário determinar o valor que deve vigorar na tarifa, pois isso é papel da Prefeitura. Se a Justiça que atuar nessa pauta que julgue os inúmero processos que existem contra o sistema de transporte da cidade”.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.