Amazonas Esportes

Werdum vence Velasquez e cala mais 20 mil torcedores mexicanos

Werdun unifica títulos dos pesados, vencendo Caim no México/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

Um especialista em chocar o mundo do MMA. Assim pode ser definido Fabrício Werdum. O homem que há quatro anos fez história ao quebrar a série invicta do lendário Fedor Emelianenko, desta vez marcou seu nome no rol dos campeões lineares do maior evento do planeta, finalizou Cain Velasquez e unificou os títulos dos pesos pesados do UFC.
Apesar de ser fluente em espanhol, comentarista oficial do Ultimate para o público latino e ter provocado bastante Velasquez sobre a proximidade do norte-americano com suas raízes mexicanas, Werdum parece não ter feito o suficiente para convencer o público local, que torcer por Cain e vaiou bastante o brasileiro durante toda a luta.

A vitória de Werdum, no entanto, calou os mais de 20 mil torcedores presente à Arena Ciudad de Mexico, onde ecoavam os gritos de comemoração da equipe do lutador brasileiro.

Com o triunfo de Werdum, o Brasil agora tem três campeões no Ultimate – além de “Vai Cavalo”, também são detentores de cinturão Rafael dos Anjos e José Aldo.

A luta

Antes do primeiro minuto de luta, Fabrício Werdum já havia sofrido um knockdown, mas Cain Velasquez não quis aceitar o jogo no chão. Pelo contrário, o norte-americano ascendência mexicana buscou rapidamente a grade para impor seu jogo de pressão e intensidade. No fim da parcial, o brasileiro conseguiu acertar um golpe de encontro, que abriu um corte no rosto de Velasquez.

No segundo assalto, Werdum se mostrou um pouco mais cansado e teve sua movimentação minada pelos chutes de Velasquez. Apesar disso, o brasileiro conseguiu alguns bons golpes de encontro por cima e também ameaçou o campeão linear. Na metade do assalto, Cain sentiu uma joelhada do brasileiro, que viveu um bom momento e chegou a dar a impressão que cederia aos golpes do gaúcho. No minuto final, o momento foi todo de Fabrício, que conectou boas joelhadas e golpes diretos para garantir a parcial.

Instruído por seus técnicos, Velasquez tentou a queda logo no início do terceiro round, mas Werdum conseguiu a reversão e se livrou da investida. Usando e abusando do clinch do muay thay, o brasileiro atingiu Cain e o deixou completamente desnorteado. Bastante cansado, o norte-americano tentou uma queda desesperadamente e deixou o pescoço para que o brasileiro, multicampeão no jiu-jitsu pegasse uma guilhotina justa.

Com a posição encaixada, era possível ver Werdum sorrindo antes da intervenção do árbitro Herb Dean, pois sabia que o título dos pesados estava em suas mãos.

Após o duelo, ainda no octógono, Werdum comemorou, agradeceu e pregou respeito a seu adversário. “Eu quero agradecer a todo. Todos vamos respeitar o Cain Velasquez e eu queria agradecer ao meu país, o Brasil, minha equipe e minha família. Foi uma luta duríssima e com certeza teremos uma revanche”, declarou, ao comentarista Joe Rogan.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.