Amazonas Política

Wilker afirma que vai insistir para obter canal aberto da TV Câmara

Vereador Wilker Barreto(PHS)/Foto: Tiago Correa
Vereador Wilker Barreto(PHS)/Foto: Tiago Correa
Redação
Escrito por Redação

O presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador Wilker Barreto (PHS), afirmou na sessão de ontem (14), que vai insistir na obtenção do canal aberto para as transmissões das sessões plenárias da casa legislativa. Na ocasião, ele aproveitou para informar aos demais vereadores que uma nova licitação será realizada a fim de implantar a TV Câmara Aberta.
“Um canal aberto é essencial porque permite que o vereador fale com a cidade de Manaus diretamente. É a forma mais clara de se prestar contas diariamente dos nossos mandatos, além de mostrar a transparência deste Poder”, disse Barreto.

Paralelo ao processo de licitação que consiste na aquisição de 36 horas de programação mensal em canal gerador de televisão aberta, Wilker declarou aos parlamentares que continuará perseguindo o sinal digital junto ao Senado Federal. O presidente terá uma nova audiência em Brasília, na próxima semana, para tratar do assunto.

Wilker garantiu que o sinal digital chegará à Câmara, mesmo que o alcance do sinal ainda seja pequeno para a região Norte. “O apagão tecnológico que vai obrigar toda a estrutura analógica a passar para digital, somente será obrigatória para a região Norte a partir de 2018. É imprescindível que tenhamos um contato com a sociedade amazonense chamado canal aberto e digital”, ressaltou Wilker Barreto.

Frota nova

Wilker, também, anunciou aos vereadores, que hoje, fará a entrega oficial dos dez veículos alugados para dar suporte às atividades externas dos setores administrativos e das comissões técnicas.

“Os dez carros servirão para uso exclusivo das atividades da Casa, a fim de melhorar o desenvolvimento dos trabalhos do Poder Legislativo. Vamos deixar os carros devidamente identificados para que possam ser vistos pela população que poderá inclusive fiscalizar”, disse Wilker Barreto.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.